quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

CAPITU

Eu nunca li o livro, alías, que vergonha, não li o livro e fazia séculos que não assistia a Globo.

Ontem no meio de cálculos e contas pra pagar, me vi no meio de uma série totalmente fora da casinha para o público Globo que assiste série de famílias confusas e de classe média. Eu via ali, na minha pequena TV, a modernidade, jovens e antigos atores que interpretavam uma história do século retrasado de uma maneira super atual.

Você tb esperava que a minisérie começasse no meio do mato?! Que nada... um doidinho no trem urbano do Rio recitando Machado de Assis...

Uma estética bacana, que começa pela abertura aí de cima. Assim, se você gosta de consumir os "enlatados" da Globo, não vai gostar, mas se curte arte free e nacional, vale a pena.

Viaje na maiona...

vivis

Um comentário:

danpiantino disse...

"séries de famílias confusas e de classe média" - falou tudo Vivis. As séries do projeto Quadrante do Luis Fernado Carvalho não são só novelinhas um pouco mais densas (aliás, quem ganharia de "A Favorita" a essa altura?) são séries com muita brasilidade e arte. Destaque para a trilha sonora de "Capitu", super comentada. Se a linguagem de interpretação vai ao máximo da teatralidade, a música tem um pop de antigamente, muito sedutor.

Sobre as bandas de rock que poderemos ouvir na micro-série, leiam a reportagem da Gazeta do Povo:
http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/cadernog/conteudo.phtml?tl=1&id=836346&tit=Capitu-chega-a-televisao-em-versao-pop

DESPIROGRÁFICO

conectando desde 09/2007

DESPIROGRÁFICO

meu mundo é observar